Frota de ônibus é reduzida em 80% na capital do Agreste

As medidas de combate e prevenção a propagação do novo coronavírus (Covid-19), como fechamento do comércio, shoppings e instituições de ensino, impactaram diretamente a quantidade de passageiros transportados pelas empresas de ônibus que fazem parte da Associação das Empresas de Transporte Público de Caruaru ( AETPC), provocando a necessidade de redução de frota nas linhas de ônibus, que foi atendido pela Autarquia Municipal de Defesa Social Trânsito e Transporte (Destra).

Por conta da queda de 80% de demanda nas linhas de ônibus, as empresas concessionárias passarão a operar com frota mínima em 20%. A medida visa ajustar a operação de acordo com demanda efetiva dos passageiros mas garantindo o transporte coletivo a todos que precisam utilizar os serviços.

De acordo com o diretor instrucional da AETPC, Ricardo Henrique, mesmo diante das dificuldades de operação que as empresas vem enfrentando, o serviço continuará sendo prestado garantindo assim o direito de ir e vir de quem precisa do sistema de transporte público neste momento tão delicado. “Entendemos que o nosso setor é fundamental para que outros serviços essenciais possam continuar funcionando. Mas o momento exige um ajuste na operação para que possamos funcionar de acordo com a demanda atual”, disse.

A operação será monitorada diariamente pelo Comitê de Crise da Municipal podendo ser revogada ou alterada, conforme necessidade de ajuste de demanda.

Comentários do Facebook