O padre e a tentação !

Era 9 de maio de 1902 e Caruaru estava às vésperas de celebrar 45 anos da elevação de vila para cidade.

Nesse dia chegou em Caruaru Luiz Gonzaga da Silva , jovem sacerdote natural da cidade de Triunfo.

Veio com a missão de auxiliar o querido Vigário Freire que estava com 81 anos de vida e pelo peso dos anos ” rezava missa pelo tato ” bastante fragilizado. Lembramos que não havia sistema sonoro e quase não se ouvia o estimado Vigarinho, não mais conseguindo entusiasmar os fiéis.

Já o padre Luiz foi descrito como ” altamente sociável , jeitoso e insinuante , muito bonito e excelente orador” um homem encantador , um sangue novo na cidade, encantando as moças e lotando as celebrações .

Ambos no altar, o Vigarinho era um santo , e o seu auxiliar ” uma tentação visual ” para as jovens de Caruaru!

Está nas páginas da história

Pesquisa: Nelson Barbalho
Produção textual: Prof. José Urbano

Comentários do Facebook