Treze gatos foram assassinados no Cemitério Dom Bosco

Treze gatos foram assassinados no Cemitério Dom Bosco, em Caruaru. A matança foi constada pelo vereador Fagner Fernandes nesta quarta-feira (17). Um dos funcionários do cemitério relatou que os gatos foram atacados por um cão. Porém, o vereador não encontrou marcas de mordida nos felinos, fato que levanta a suspeita de envenenamento. Corpos de quatro gatos serão encaminhados para Universidade Federal de Pernambuco, onde será feita a pericia que apontará a causa da morte.

Durante a gestão de Fagner Fernandes na Gerência de Proteção Animal foi feito um levantamento que identificou a existência de 120 gatos vivendo dentro do cemitério. Desse total, 60 foram castrados e por se tratarem de animais comunitários, ou seja, que apesar de não terem proprietário definido e único, contam com a ajuda de protetores e simpatizantes da causa que os alimentam.

Comentários do Facebook