IFPE Campus Pesqueira se posiciona sobre bloqueio feito pelo MEC

Hoje (09), recebemos da Pró Reitoria de Administração – PROAD/Reitoria/IFPE, um ofício que estabelece os percentuais dos cortes que variam de 30% a 38%, perpassando por recursos para contratação de estagiários, capacitação de servidores, cumprimento de contratos, fornecimento de água, diárias, energia elétrica, Internet, etc. Também foi afetado o recurso para investimento, que envolve infraestrutura, aquisição de equipamentos para laboratórios, computadores, livros, dentre outros. Não tivemos cortes no recurso da Assistência Estudantil.

Desse modo, teremos que rever o nosso Planejamento Orçamentário a partir dessa brusca redução. Em termos de valores, ainda estamos realizando os cálculos pela nossa Diretoria de Administração e Planejamento e, pretendemos apresentar esses dados para a Comunidade do Campus, envolvendo todos os segmentos representados. Logo, somente após a definição do quadro geral, via replanejamento orçamentário, é que poderemos divulgar tais informações.

Também, na próxima segunda-feira teremos uma reunião na Reitoria do IFPE, do Colégio de Dirigentes, envolvendo Diretores Gerais, Pró- Reitores e demais dirigentes, para tratarmos especificamente desse cenário orçamentário, tomando como base as informações que serão apresentadas pela Reitora, Profa. Anália Ribeiro, após a reunião que está ocorrendo esta semana em Brasília com o Secretário de Educação Profissional e Tecnológica e todos os Reitores da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, da qual os Institutos Federais fazem parte.

Esse é um momento que requer luta sem violência, fé, trabalho, resistência e defesa desse Bem Maior: A EDUCAÇÃO pública, gratuita, laica, inclusiva, de qualidade, socialmente referenciada e transformadora!

Portanto, defendo a unidade entre os Reitores das Universidades e dos Institutos Federais, comunidades internas dessas IFEs, familiares dos estudantes e servidores, sindicatos, movimentos estudantis, Povos Indígenas e Quilombolas, movimentos sociais e a Sociedade Civil organizada, em defesa de uma causa maior, a EDUCAÇÃO.

Comentários do Facebook