Laura Gomes faz parte da coordenação da Frente Parlamentar em defesa da Chesf

Na condição de líder da bancada do PSB na Assembleia, a caruaruense Laura Gomes, fará parte da coordenação da Frente Parlamentar em Defesa da Companhia Hidroelétrica do São Francisco – CHESF, aprovada na sessão da ALEPE, na tarde de ontem (29/8), por 30 votos, por meio de requerimento do deputado Lucas Ramos, do PSB. Ele será o coordenador-geral do colegiado interpartidário, cuja função é trabalhar contra a privatização da empresa considerada um símbolo do desenvolvimento do Nordeste.

Antes de integrar a Frente, Laura Gomes viu aprovada sua proposta de uma Audiência Pública, no dia 3 de setembro, para discutir, com a participação da sociedade civil e trabalhadores, a inclusão da CHESF no pacote de privatizações anunciado pelo Ministro das Minas e Energia, Fernando Bezerra Coelho Filho. Além da produção de energia, os deputados pernambucanos não querem abrir espaço a empresas privadas como gerenciadoras das águas do Rio São Francisco, outro ícone da ocupação histórica da região nordestina.

O próximo passo após a criação da Frente é instalar o colegiado que dirigirá as ações e mobilizações com o objetivo de levar a questão da privatização da CHESF à população e, assim, criar um clima social capaz de confrontar a ideia do Governo Temer de entregar a grupos privados um patrimônio estratégico para Pernambuco e demais estados que recebem eletricidade da empresa, sediada em Paulo Afonso, Bahia.

Além de Laura Gomes, representando o PSB, e do Coordenador Lucas Ramos, também socialista,  integrarão o comando da Frente os deputados Odacy Amorim, do PT, Zé Maurício, do PP, e Rodrigo Novaes, do PSD. Entre outras questões envolvendo a CHESF, os deputados fazem forte oposição à perspectiva de aumento nas contas de luz, considerando a previsível perda de função social da empresa a partir da gestão pelo mercado, cujo objetivo é a lucratividade sem limites.

Comentários do Facebook