Vereadores apresentam propostas e PCCV dos servidores da Destra é aprovado

Na reunião ordinária desta terça (7), foram abordados temas que englobam diversos problemas sociais. Sendo os vereadores os políticos mais próximos da população, justamente por estarem inseridos dentro das comunidades do município, são, portanto, os mais habilitados para representa-las, e assim fazer com que os instrumentos destinados a ajudar os parlamentares no atendimento das demandas da população – como os projetos de lei, requerimentos e indicações – possam de fato expressar a voz do povo e trazer soluções ao enfretamento das dificuldades experimentadas diariamente. Atentos a essas questões, os parlamentares de Caruaru apresentam propostas para melhoria da saúde e segurança pública da cidade em plenário.

*Atendimento médico mais perto de quem precisa *
O parlamentar Edjailson da Caru Forró (PRTB) propôs a implantação de uma Unidade Básica de Saúde, ou algum outro recurso que viabilize mais acesso a saúde, para os habitantes da zona de Lagoa Salgada e do Sítio Barbatão. O projeto deve beneficiar centenas de famílias que residem na localidade. Atualmente, a população da região enfrenta dificuldades para conseguir atendimento na unidade de saúde, localizada na Vila do Rafael, que é a mais próxima deles.

“Apesar da comodidade para o agendamento de consultas e exames, que os atendimentos por telefone trouxeram, as pessoas dessas comunidades precisam se locomover grandes distâncias, por vezes a pé, para conseguir realizar exames e consultas. O objetivo é levar mais conforto e dignidade para a população, principalmente para as crianças e para os idosos”, declarou o vereador Edjailson.

Proposta de vereadora quer garantir ao cidadão de Caruaru mais tranquilidade e liberdade de locomoção
Preocupada com o crescimento da criminalidade no bairro Alto do Moura, a vereadora Zezé Parteira (PV) requisitou no plenário do parlamento, a inserção de um batalhão integrado especializado (1º BIESP), de rondas ostensiva no residencial localizado as margens da BR 232. O objetivo da implantação é erradicar o tráfico de drogas e crimes decorrentes dele. De acordo com a edil, a população não se sente segura para sair de casa.

“A criminalidade está impedindo os moradores de exercer o seu direito de ir e vir, e deixa a população em estado de vulnerabilidade social”, afirma Zezé.

Comentários do Facebook